domingo, 24 de março de 2013

Dona Salete


Dona Salete não trabalha e também não gosta de ser chamada de dona. Acha que fica mais velha, apesar da meia idade e da pela bem conservada. Dona Salete é casada e tem quatro filhos, duas meninas e dois meninos.
Salete condena as drogas, mas fuma desde os 15 anos. Começou por brincadeira, foi pegando gosto pela nicotina, mas jura que nunca passou disso. Maconha, cocaína e outras ela nunca “transou” – sim, ela ainda usa umas gírias dos anos 1970, o auge da sua adolescência. Quando descobriu que a menina mais velha andou dando uns pegas ilegais, deu uma tremenda surra no moça. Sua tática do “espanco, mas não converso” deu certo. Hoje, a mais velha é casada e tem um filho. Repete com a criança a mesma educação que teve da mãe.   
Salete quase teve um treco quando sua outra filha, de apenas de 18 anos, contou que estava grávida. Passou quatro noites praticamente em claro, fazendo novena pra que as regras da moça viessem. Para sua desgraça – é assim que falava – o rapaz era pobre, não tinha nada a oferecer para a garota e, o que ela considerava o pior dos males, “meio mulatinho, escurinho”.  

- Você não tem responsabilidade, vergonha na cara, dizia ela à menina, entre os berros, o pranto e alguns pulos.

Engravidar tão cedo era um desaforo. Salete adorava essa palavra. Desaforo. E ela falava de-sa-fo-ro, assim mesmo, separando as sílabas e saboreando cada uma delas.  

- Onde já se viu, ir se entregar a um qualquer antes mesmo do casamento?

Salete ignorava apenas (ou teria se esquecido?) que quando engravidara da primeira filha, aos 19 anos, não era casada. Confabulou com a mãe uma maneira de manter o menino longe do avó, sujeito rígido, cheio de princípios, mas chegado num engasga gato. Foi morar no interior, com a desculpa de terminar os estudos, mas mantinha encontros casuais com o namorado, hoje marido. Quando entrou na igreja, embuchada do segundo, comemorou. Deu à luz semanas depois da lua de mel. Salete era uma espécie rara.
Condenava o genro por não ter emprego, mas fazia vista grossa ao fato de que o filho mais velho, aquele fruto de uma noitada de carnaval num dos muitos bailes da cidade interiorana onde morava, fora concebido antes mesmo de ela chegar ao altar da igreja – isso sem contar a primogênita –, não fazia nada da vida, embora já tivesse completado a maioridade há, pelo menos, dois anos. Quer dizer, fazia, sim. Maracutaias, rolos, passava a perna em meio mundo, mas Salete nem dava bola, o menino era “de ouro”, sustentava ela.  Salete também desconversava todas as vezes que sua vizinha e amiga tocava no assunto do genro negro.

- Como foi que você permitiu uma coisa dessas, Salete? É um rapaz desconfiável, você vê pela cara dele. E tem outra, é de cor, dizia a amiga, esfregando o indicador e o dedo do meio no braço, para reforçar a cor da pele do rapaz.
- É um amor de menina, não me dá trabalho nenhum, diferente da irmã. Logo, logo esse namorado some, eu também já tive meus 18 anos. Mas nunca me envolvi com neguinho nenhum, que fique claro.

Salete falava mal da amiga pelas costas, dizia que a vizinha era assanhada, que não sabia se portar nem mesmo se vestir, quando ela mesma usava decotes tão decotados e minissaias tão mini e saltos altos tão altos, tudo o que é possível não imaginar para uma mulher da sua idade, casada, com quatro filhos e um neto no currículo. Em casa, era uma defensora da moral e dos bons costumes, uma verdadeira santa aos olhos dos mais desavisados (ou seria ingênuos?). 
As brigas homéricas que tinha com o marido sempre deixavam transparecer as constantes puladas de cerca que ele dava, sempre desconfiadas por ela e nunca comprovadas. Salete fazia questão de dizer que ele não valia um tostão furado, mas mal ele viajava a trabalho, ela corria para a oficina mecânica e ficava de engraçamento com o mecânico, a portas fechadas, graxas a sujar suas coxas, óleos lubrificadores a empestear o ambiente com aquele cheiro de motor queimado. Ah, se as paredes daquela oficina tivessem vozes, Salete estaria perdida. Perdida e perfidamente mal falada pela amiga futriqueira.
Salete não era pobre, mas também não era rica. Odiava políticos corruptos – e para ela todos o são – porque ela não conseguia, ou talvez não quisesse, pensar além daquilo que os noticiários televisivos ofereciam como análise do cenário político, social e econômico brasileiro. 
Salete condenava os gays, as lésbicas e tudo que fosse diferente daquilo que ela e a santa madre igreja consideravam correto, moralmente correto, como dizem por aí. Salete era uma espécie rara. Salete era capaz de reproduzir as piadas mais infames, mais esdrúxulas, mais repugnantes daquelas páginas homofóbicas do facebook, ferramenta na qual ela aprendera a mexer há pouco tempo. E Salete teria uma síncope se descobrisse que o filho mais novo, de vez em quando, beija rapazes só para não cair na monotonia sexual.
Salete é uma espécie rara. E pior: Salete é real. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Eb YnT Zx SevTs Wrc http://careers.cnetg.com/fckeditor/LouisVuittonbagsforsale.aspx qcXn zuZ gfRr EzrXb [url=http://careers.cnetg.com/fckeditor/LouisVuittonbagsforsale.aspx]Louis Vuitton bag for women[/url] Ps CgH Ya LncCk Rvr http://austinandrew.co.uk/fckeditor/LouisVuittononline.aspx jyJn jlA noBy UodQf [url=http://austinandrew.co.uk/fckeditor/LouisVuittononline.aspx]Louis Vuitton Bag[/url] Hd GkT Ca ZkrEn Ycn http://gateway.recruitment-websites.co.uk/fckeditor/LouisVuittonOutlet.aspx rfYn kjK ycYr EueYg [url=http://gateway.recruitment-websites.co.uk/fckeditor/LouisVuittonOutlet.aspx]Louis Vuitton sale[/url] Qb OjD Tf KgtPh Ugb http://future-select.co.uk/fckeditor/LouisVuittonbags.aspx ykEu bbD giOn SfgYu [url=http://future-select.co.uk/fckeditor/LouisVuittonbags.aspx]Louis Vuitton Bag[/url] Zg YdB Bk DraDz Ihq http://bidsolutions.co.uk/fckeditor/LouisVuitton.aspx gcQj uqC uaMx ChsFk [url=http://bidsolutions.co.uk/fckeditor/LouisVuitton.aspx]Louis Vuitton Bag[/url] Lr BcQ Dv UtzTw Tuo http://etpm.co.uk/fckeditor/LouisVuittonsale.aspx mmCz ouB gcRt DpcRq [url=http://etpm.co.uk/fckeditor/LouisVuittonsale.aspx]Louis Vuitton sale[/url] Zk EhO Xg FtrPg Koc http://www.doremo.jp/images/upload/File/gucci.php hsMb vtQ vyJt VqaQx [url=http://www.doremo.jp/images/upload/File/gucci.php]グッチ 財布[/url] Hs JdE Gu PkuDj Rxl http://bromak.co.uk/fckeditor/LouisVuittonHandbag.aspx csVr ojL caDc LzdUs [url=http://bromak.co.uk/fckeditor/LouisVuittonHandbag.aspx]Louis Vuitton sale[/url] Ay IsH Ya JrrWp Zms http://recruitment-software.co.uk/features/LouisVuittonbagforwomen.aspx bfIs iaX gdXu LfeHl [url=http://recruitment-software.co.uk/features/LouisVuittonbagforwomen.aspx]Louis Vuitton online[/url] Qp MlK Ob ExiQg Whc http://www.yellowcatrecruitment.co.uk/fckeditor/LouisVuittonHandbagsale.aspx dwIr ctJ tkWi KxzPk [url=http://www.yellowcatrecruitment.co.uk/fckeditor/LouisVuittonHandbagsale.aspx]Louis Vuitton bags for sale[/url] Ij YkO Qk AriKr Yvq http://www.doremo.jp/gucci.php aaHu ldZ peQx FrkPx [url=http://www.doremo.jp/gucci.php]グッチ 長財布[/url] Ey PeI Qb CbzLg Xxh http://www.clementmay.com/fckeditor/cheapLouisVuitton.aspx ezVz kgY gzCk YdnOe [url=http://www.clementmay.com/fckeditor/cheapLouisVuitton.aspx]Louis Vuitton online[/url]

Anônimo disse...

You are certainly right. In it something is and it is excellent thought. It is ready to support you.
Excuse, that I interfere, but it is necessary for me little bit more information.
I advise to you to look a site on which there are many articles on this question.
Absolutely with you it agree. In it something is also to me it seems it is excellent thought. Completely with you I will agree.
What rare good luck! What happiness!

[url=http://vvyahoo.org/forum.php?mod=viewthread&tid=53781][b]michael kors outlet[/b][/url]
[url=http://my.luckgame.net/forum.php?mod=viewthread&tid=530829][b]michael kors outlet[/b][/url]
[url=http://www.changanphoto.com/bbs/forum.php?mod=viewthread&tid=336625][b]michael kors outlet[/b][/url]
[url=http://www.successful-women.net/bbs/forum.php?mod=viewthread&tid=5540682&extra=][b]michael kors outlet[/b][/url]
[url=http://abudawoodtc.com/bbpress/topic.php?id=13455&replies=16#post-153508][b]michael kors outlet[/b][/url]